Museu Nacional - UFRJ

Personalidades

Imagem - Personalidades


Fotografia de Cândido Mariano da Silva Rondon na entrada do Museu Nacional (1928)

Cândido Mariano da Silva Rondon (1865-1958), considerado o mais importante dos sertanistas brasileiros, destacou-se ao chefiar a Comissão de Construção de Linhas Telegráficas do Mato Grosso ao Amazonas, que abriu caminhos nunca percorridos, registrando suas topografias, descobrindo rios e, principalmente estudando a fauna, a flora e os índios que por aí habitavam. O Museu Nacional tomou parte ativamente nessa expedição com uma equipe de naturalistas.

Em visita ao Museu Nacional em 1928, Rondon encontrou naturalistas que tomaram parte da famosa expedição ao interior do Brasil, a Comissão de Construção de Linhas Telegráficas do Mato Grosso ao Amazonas. Fotografia tirada à entrada do Museu Nacional. Identificados, na frente, da esquerda para a direita: 1) Álvaro Fróis da Fonseca; 2) Alípio de Miranda Ribeiro; 3) Cândido Mariano da Silva Rondon; 4) Edgar Roquette-Pinto; 5) Heloísa Alberto Torres. Identificados, atrás da esquerda para a direita: 6) não identificado; 7) não identificado; 8) Eduardo May; 9) Júlio César Diogo; 10) Raimundo Lopes da Cunha; 11) não identificado; 12) não identificado; 13) não identificado; 14) Benjamin Rondon (?).


« Voltar | Voltar ao Topo


Localização

Quinta da Boa Vista, São Cristóvão

Rio de Janeiro - RJ

CEP: 20940-040

(Veja no Google)

Expediente

Nossas exposições estão fechadas ao

público por tempo indeterminado em

virtude do incêndio que destruiu

grande parte de nossas coleções.

Contato

Informações: museu@mn.ufrj.br

Direção: falecomdiretor@mn.ufrj.br

Assessoria de Imprensa: imprensa@mn.ufrj.br

Visitas em Grupo: agendamento.nap@mn.ufrj.br

Copyright © Museu Nacional/UFRJ

WEBDESIGNER: Déborah Rezende