Shabtis

Shabti ou ushabti são pequenas estatuetas, colocadas nas tumbas, representando servos cuja função era substituir o morto em seus trabalhos na pós-vida. Assim, evitava-se que ele fosse obrigado a cultivar ou limpar campos no Outro Mundo. De início, colocava-se apenas um servidor funerário, em substituição ao morto. Aos poucos, seu número aumentou e, no Novo Império (a partir de 1380 a.C) já se colocavam até centenas que eram guardados em caixas, cestos e vasos. Estas estatuetas eram de pedra, madeira, bronze ou faiança. Levavam ferramentas nas mãos e um cesto nas costas. Na exposição do Museu Nacional encontram-se shabtis de tamanhos, formas e materiais variados.

      
SHABTI DE HAREMAKHBIT
Faiança; Tebas ocidental, Egito Antigo; XXI Dinastia; 12,5 cm
Museu Nacional