Banner
Início
Contribuição à Botânica
Frases e Versos de Luiz Emygdio
Homenagens a Luiz Emygdio
Atuações Paisagísticas
Publicações
Amigo Ilustre
Biografia Cronológica
Bibliografia Consultada

BIOGRAFIA CRONOLÓGICA

1913: Nascimento

1933: Colégio Pedro II

1938: Classificação em Concurso de Títulos para Professor de Química e de História Natural no Colégio Pedro II

1939: Formou-se na Faculdade de Medicina da Universidade do Brasil

1940: Formou-se Bacharel em História Natural na Faculdade Nacional de Filosofia da Universidade do Brasil

1941: Formou-se em Licenciatura em História Natural, na Faculdade Nacional de Filosofia da Universidade do Brasil

1941: Nomeado por Decreto como Naturalista Interino pelo Ministério da Educação e Saúde

1942-1948: Chefe da Divisão de Botânica do Museu Nacional

1942-1956: Colaborador científico do Instituto Vital Brasil

1943-1956: Representante do Museu Nacional no Conselho Florestal Federal

1944: Nomeado por Decreto Naturalista Efetivo por Concurso pelo Ministério da Educação e Saúde

1947-1951: Diretor Substituto do Museu Nacional

1948: Observador da UNESCO, na Primeira Conferência Latino-Americana de Florestas e Produtos Florestais

1948: Delegado Plenipotenciário do Brasil no II Congresso Sul Americano de Botânica

1948: Assessor técnico da Delegação Brasileira, representante do Museu Nacional e observador da UNESCO na Conferência Latino-americana de Florestas e Produtos Florestais

1949: Representante do Conselho Universitário da Universidade do Brasil

1949: Membro da Comissão Organizadora dos Trabalhos da I Reunião Anual da Sociedade Botânica do Brasil

1950: Secretário da 1ª Diretoria da Sociedade Botânica do Brasil

1951-1952: Diretor do Departamento de Parques da Secretaria Geral de Viação e Obras da Cidade do Rio de Janeiro

1951: Sócio Fundador da International Society of Plant Morphologists

1952: Classificação em Concurso de Títulos para Professor de Ciências Naturais no Colégio Pedro II

1953: Formou-se na Faculdade de Farmácia da Universidade do Brasil em Farmacêutico-Químico

1953: Livre Docente em Botânica Aplicada à Farmácia pela Faculdade Nacional de Farmácia da Universidade do Brasil

1954: Tornou-se livre-docente da Universidade Federal do Rio de Janeiro

1954: Terminou o doutorado em Ciências Biológicas (Fisiologia) da Universidade Federal do Rio de Janeiro.

1954-1956: Diretor do Departamento de Parques da Cidade do Rio de Janeiro

1955: Homenagem do Rotary Club do Brasil pelo reconhecimento de sua colaboração

1955: Diploma de Benemérito do XXXVI Congresso Eucarístico Internacional

1955: Grau de Comendador da Benemérita Ordem da Árvore

1961: Consultor para o projeto do Museu Nacional do Kuwait (Arquiteto Afonso Eduardo Reidy)

1975-1978: Presidente da FBCN - Fundação Brasileira para a Conservação da Natureza, da Sociedade Botânica do Brasil.

1967: Presidiu o XVIII Congresso Nacional de Botânica

1969-1971: Diretor Pró-Tempore e responsável pela implantação do Instituto de Biologia na nova estrutura da Universidade do Estado da Guanabara na atual UERJ - Universidade do Estado do Rio de Janeiro, foi Professor Titular de Botânica, criador e primeiro diretor do Instituto de Biologia

1956: Chefe da Divisão de Botânica do Museu Nacional

1965: Cátedra de Botânica na Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras da Universidade do Estado da Guanabara.

1958: Representante do Ministério da Educação e Cultura, do Museu Nacional e da Universidade do Brasil no III Congresso Sul-americano de Botânica em Lima – Peru

1958: Vice Presidente de Honra do III Congresso Sul-americano de Botânica

1958-1961: Diretor do Departamento de Botânica do Museu Nacional

1958-1969: Tornou-se Professor Titular da Universidade Federal do Rio de Janeiro

1958: foi cientista estrangeiro convidado nas Cuartas Jornadas Argentinas de Botânica, realizadas em Córdoba

1958: Ministrou, no Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro, Curso de Botânica Aplicada para Arquitetos e Paisagistas

1958: recebeu a medalha de “Mérito D. João VI”, atribuída pelo Jardim Botânico do Rio de Janeiro

1959: Escola Superior de Guerra. Monográfico “Operação Pan-Americana”

1961: Livre Docente de Botânica pela Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras da Universidade do Estado da Guanabara

1961: Presidente da Comissão de Defesa dos Recursos Naturais no II Congresso Brasileiro de Urbanismo

1961: Doutor em Biologia (Ciências) na Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras da Universidade do Estado da Guanabara

1961-1965: Membro do Grupo de Trabalho para urbanização do Aterro Glória-Flamengo

1962-1963: Diretor do Departamento de Parques da Cidade do Rio de Janeiro

1963: Presidente da 1ª Sessão Plenária da I Semana Setentrional de Estudos Farmacêuticos

1963-1965: Assessor da Presidência SURSAN (Superintendência de Urbanização e Saneamento)

1964–1986: Membro do Conselho da International Federation of Parks and Recreation Administration

1964: Representante do Museu Nacional no X Congresso Internacional de Botânica em Edimburgo

1964-1965: Consultor da Central Elétrica de Furnas S/A para projetos, supervisão e acompanhamento de obras de paisagismo na Usina de Furnas

1965: Concluiu especialização na Organization for Tropical Studies da Universidad da Costa Rica em Biologia y Evolución de los monocotilédones

1965: Tornou-se Professor Catedrático da Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras da Universidade do Estado da Guanabara

1965: Membro da Comissão para propor normas para a utilização e posologia de matérias primas de origem vegetal em produtos farmacêuticos, dietéticos e cosméticos do Serviço Nacional de Fiscalização da Medicina e Farmácia

1965: Membro da Subcomissão de Farmacognosia e Fitoquímica da Comissão de Revisão da Farmacopéia do Serviço Nacional de Fiscalização da Medicina e Farmácia

1965-1971: Professor Titular da Universidade do Estado da Guanabara

1966: Consultor para a implantação do Parque Zoobotânico de Brasilia

1967: Membro da Comissão de Planejamento e Implantação do Campus da UEG (COPLIMC)

1967: Auxiliar de Gabinete da Secretaria de Obras Públicas do Estado da Guanabara

1967:  Sócio efetivo da Sociedade Nacional de Agricultura

1968: Medalha do Sesquicentenário, Jardim Botânico do Rio de Janeiro

1968: Homenagem especial da Sociedade Botânica do Brasil

1969: Medalha de Humboldt, Governo da República Federal da Alemanha

1969: Membro da Comissão do Conselho de Pesquisa e Ensino a implantação da Pós-Graduação do Museu Nacional

1971: Membro do Conselho de Administração do Jardim Botânico do Rio de Janeiro

1971: Medalha Comemorativa pela 1ª Reunião do Conselho de Administração do Jardim Botânico do Rio de Janeiro no Instituto Brasileiro de Desenvolvimento Florestal (IBDF)

1971-1972: Direção Pro-tempore do Museu Nacional

1972: Vice-Presidente honorário do 1º Congresso Latinoamericano e 5º Congresso Mexicano de Botânica no México

1973: Medalha Comemorativa do Sesquicentenário do Poder Legislativo do Brasil, (Congresso Nacional)

1973: Homenagem da Universidade do Estado da Guanabara pelos 25 anos de colaboração

1973: Membro do Grupo de Trabalho do Conselho Nacional de Pesquisas

1973: Membro da Comissão Executiva para Organização da 25ª Reunião da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência. 1973 – 1975: Secretário Geral da Fundação Brasileira para a Conservação da Natureza (FBCN)

1975-1979: Foi presidente da ONG FBCN

1975: Concessão do Título de Benfeitor da Fundação Brasileira para a Conservação da Natureza

1975: Consultor em Botânica do Plano Paisagístico para o Distrito Industrial de SUFRAMA- Manaus

1975: Membro da equipe do Plano de Manejo do Parque Estadual de Campos do Jordão

1976: Membro da Equipe de Planejamento Paisagístico do Parque Metropolitano de Itapuã, Prefeitura de Salvador

1976-1980: Direção do Museu Nacional

1976-1980: Direção do Departamento de Botânica do Museu Nacional

1v977: Membro da equipe do Plano Diretor de Urbanização e Paisagismo do eixo rodoviário Ilhéus – Itabuna

1977: Membro do Conselho Consultivo do Museu de Armas Ferreira da Costa

1979-1983: Presidente do Conselho Superior da FBCN

1979-1986: Diretor da Sociedade Nacional de Agricultura

1980: Consultor em Botânica Paisagística e Ecologia, Urbanização das áreas relacionadas Alcalis do Rio Grande do Norte S/A 1980: Vice Presidente do Instituto de Ecologia e Ciência da Terra – IECO

1981-1983: Membro do Conselho Municipal de Proteção do Patrimônio Cultural do Rio de Janeiro

1981: Consultor em Botânica e Ecologia do Plano de Manejo do Parque Estadual das Dunas de Natal

1982: Consultoria em Botânica Paisagística no Projeto Ferro Carajás da Companhia Vale do Rio Doce

1984-1986: Membro dos Conselhos Deliberativo e Curador da FBCN

1984-2002: Professor Emérito da Universidade Federal do Rio de Janeiro

1984: Concluiu o Curso de Extension Cultural las Artes Plásticas em España na Escuela Superior de Turismo de Baleares

1984: Presidente da II Conferência Brasileira de Proteção à Natureza

1979: Medalha Comemorativa pelos 200 anos da Fundação da Casa de História Natural, Museu Nacional/UFRJ.

1985: Membro do Conselho Técnico Consultivo da Associação Brasileira de Ecologia

1985: Coordenador do Levantamento da Lista de Espécies Brasileiras Ameaçadas de Extinção – FBCN

1985: Presidente do Conselho Curador da Fundação Jardim Zoológico da Cidade do Rio de Janeiro – Rio-Zoo

1985: Vice Presidente do Conselho Consultivo do Sítio Roberto Burle Marx – Fundação Nacional Pró Memória

1985: Consultor para pesquisas sobre a cobertura vegetal do arquipélago de Fernando de Noronha

1986: Consultor do Centro de Desenvolvimento e Apoio Técnico à Educação – CEDATE, do Ministério da Educação e Cultura

1986: Regular Charter Member of Heliconia Society International

1986: Fundador e Membro do Conselho de Adminstração da Sociedade de Amigos do Jardim Botânico do Rio de Janeiro

1989: Membro do Conselho Deliberativo da Fundação Margaret Mee

1995: Prêmio Augusto Ruschi - Menção Honrosa, Academia Brasileira de Ciências

1996: Honra ao Mérito - Placa Comemorativa, Sociedade Botânica do Brasil - RJ

1997: Inaugurador da Reabertura do Parque das Dunas, sediado em Natal, Rio Grande do Norte, no dia 06/09/1997

1998: Medalha do Mérito Jardim Botânico do Rio de Janeiro, Ministério do Meio Ambiente

1998: Homenagem da Associação Brasileira de Arquitetos Paisagistas (ABAP)

1999–2001: Presidente do Conselho Estadual de Cultura do Rio de Janeiro

2000: Diploma de Honra ao Mérito, Sociedade Botânica do Brasil - SBB

2001: Moção de Louvor e Reconhecimento, Câmara Municipal do Rio de Janeiro

2002: Falecimento.



              
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 



Patrocínio: