Recursos

Parte dos recursos financeiros do Programa de Pós-graduação vem da verba PROAP que apoia prioritariamente trabalhos de campo dos alunos e das disciplinas, a vinda de professores externos para participação em bancas, palestras e disciplinas de Tópicos Especiais.

O Programa conta com Bolsa de Apoio Emergencial BBP/PPG – Faixa B, FAPERJ, Processo E-26/200.959/2017.

Grande parte dos professores do Corpo Docente também capta recursos para desenvolvimento de seus projetos, e consequentemente para seus laboratórios, em agências estaduais (FAPERJ), federais (CAPES, CNPq, MMA), estatais (Petrobrás, Eletrobrás, Embratel, Furnas), municipais (Prefeitura Municipal de Quissamã, Prefeitura Municipal de Volta Redonda), particulares (Fundação O Boticário de proteção à natureza, Light, Fundação Margarete Mee, Fundação Vitae, Sociedade Brasileira de Ficologia, Sociedade Brasileira de Ecologia, Sociedade Latinoamericana de Ciências do Mar, Fundação Caiuá de Gestão Ambiental, Fundação Caicubí, Fundação José Bonifácio, Fundação Biodiversitas, Cia. Siderúrgica Nacional) e internacionais (Inter-American Institute for Global Change – IAI, Netherlands Foundation for the Advancement of Tropical Research, A.W. Mellon Foundation; National Science Foundation, GSPC – Secretariat of the Convention on biological diversity, UNESCO, WOTRO – Holanda).