ESQUELETO HUMANO
Entre 11 e 11,5 mil anos antes do presente
 Museu Nacional

Esqueleto Mais Antigo das Américas

O crânio, parte do osso ilíaco (bacia) e do fêmur (coxa) de uma mulher foram achados, em 1975, na gruta Lapa Vermelha IV (Região Arqueológica de Lagoa Santa, MG), em camadas datadas entre 9 e 12 mil anos atrás. A pesquisa tinha se iniciado no início dos anos 1970. Fragmentos de esqueletos humanos em contextos que sugerem grande antiguidade foram encontrados na região, ainda no século XIX e durante o século XX em diferentes expedições científicas. Só no fim do século XX foram criados métodos de datação capazes de assegurar que Luzia (como foi apelidado o esqueleto) tem cerca de 11,5 mil anos.