Museu Nacional - UFRJ

Guia de Visitação ao Museu Nacional

Iniciação à Ciência em 60 minutos

O Guia de Visitação ao Museu Nacional/UFRJ (Iniciação à Ciência em 60 minutos) foi criado pela jornalista e escritora Beatriz Coelho Silva como trabalho de conclusão do Curso de Especialização em Divulgação da Ciência, da Tecnologia e da Saúde da Casa de Oswaldo Cruz (COC), Museu de Astronomia e Ciências Afins (Mast) e Casa de Ciência da UFRJ e Fundação Cecierj, turma de 2010. Foi realizado com a orientação da professora Sibele Cazelli, no segundo semestre daquele ano, após pesquisa com as alunas do Treinamento para Professores do Museu Nacional/ UFRJ e com os profissionais da Seção de Assistência ao Ensino (SAE) da instituição.

Concebido inicialmente para orientar professores na programação de visitas escolares, este Guia foi ampliado para atender também ao público em geral, que busca informações sobre a história do palácio da Quinta da Boa Vista e do acervo da instituição, que vem sendo colecionado há quase 200 anos e não para de crescer, visto que o Museu Nacional/UFRJ se mantém como um dos maiores centros de pesquisa e produção de conhecimento do Brasil. Os 60 minutos a que se refere o título é o tempo médio que cada pessoa gasta para percorrer as seções do Museu Nacional. No entanto, não há um limite de tempo para as visitas presenciais.

Este Guia trata, basicamente, das exposições permanentes. No entanto, poderão ocorrer modificações em alguns itens aqui descritos.

Observações

- Clique na imagem abaixo para acessar o guia.

- Utilize modo de tela cheia ( tecla F11). Aperte a mesma para retornar ao modo normal.


Reflexões, Roteiros e Acessibilidade

Os textos constantes na coletânea abaixo (clique na imagem para fazer o download) buscam ir além do Guia de Visitação ao Museu Nacional, abordando aspectos relevantes da relação entre o museu e seus públicos. Discutindo “A importância da colaboração museu-escola”, Andréa Fernandes Costa aprofunda em perspectiva as possíveis relações entre estas instituições, levantando algumas controvérsias sobre o tema e sugerindo as potencialidades daquela colaboração. No capítulo sobre acessibilidade, “A inclusão da pessoa com deficiência”, Guilhermina Guabiraba Ribeiro põe em discussão os problemas decorrentes da oferta frequentemente precária de recursos dirigidos às pessoas com deficiências e aponta algumas das propostas inclusivas a serem introduzidas no Museu Nacional.

Para melhor conhecer a história de nosso Museu que tantas vezes se funde com a história do Paço Imperial, residência de Dom João VI, Dom Pedro I e Dom Pedro II, a síntese de Regina Dantas em suas “Considerações sobre o Paço de São Cristóvão e o Museu Nacional” torna-se uma leitura importante e proveitosa. A sugestão e detalhamento de um roteiro de visitação criativo para o nosso Museu, proposto por Aline Miranda e Souza, Jéssica da Conceição de Brito, Gabriel Nunes Pires e Andréa Fernandes Costa, conclui nossa escolha de textos de apoio ao bom uso do Guia de Visitação, que esperamos possa servir de ajuda a tantos professores desejosos de realizar visitas a este, talvez mais brasileiro, dentre todos os museus.


Voltar ao Topo


Localização

Quinta da Boa Vista, São Cristóvão

Rio de Janeiro - RJ

CEP: 20940-040

(Veja no Google)

Expediente

As exposições do Museu

estão abertas todos os dias.

Clique abaixo para detalhes do horário.

(Ver horários)

Contato

Informações: museu@mn.ufrj.br

Sugestões: museu.virtual@mn.ufrj.br

Assessoria de Imprensa: imprensa@mn.ufrj.br

Visitas em Grupo: agendamento.nap@mn.ufrj.br

Copyright © Museu Nacional/UFRJ

WEBDESIGNER: Jenyfer Lima